quinta-feira, 27 de setembro de 2018

27Set2018: Esta noite deverá formar-se um raro ciclone tropical a sudoeste da Grécia

Uma depressão no mar Jónico, a SW da Grécia, vem nas últimas horas a adquirir características tropicais e poderá ser classificado como uma tempestade tropical (TLC) ou um Medicane (furacão no Mediterrâneo).
Os vários centros de previsão de alguns países europeus, - como o de Itália e Grécia, - estão a alertar para a formação e as possíveis consequências desta tempestade, que se prevê uma trajectória rumo às ilhas Gregas já neste sábado. São previstos ventos fortes e chuvas igualmente intensas com risco de cheias.
Estes ciclones com características tropicais ocorrem muito raramente no Mediterrâneo, sendo conhecidos como TLC (Ciclone como tropical) ou Medicane (Mediterrâneo + Hurricane).






quarta-feira, 12 de setembro de 2018

12Set2018: Formou-se a tempestade subtropical "Joyce" a sudoeste dos Açores

Formou-se ao início da noite a Tempestade subtropical Joyce. Esta depressão estava a ser acompanhada nos últimos dias, e durante toda a tarde se tornou mais organizada com convecção profunda. Nos próximos dias poderá vir a fortalecer um pouco, vindo depois a ser absorvida por uma depressão extra-tropical maior já próximo dos Açores.


Ás 21h00  esta tempestade registava ventos da ordem dos 75km/h com rajadas mais fortes e uma pressão mínima central de 1006hPa e encontrava-se a 1300km a sudoeste do Açores.




Furacão Helene: Mantêm o seu trajecto para nordeste, passando pelos Açores no próximo sábado, embora já com menos intensidade, como tempestade tropical. Registava ao início da noite ventos da ordem dos 140 km/h.

Furacão Florence: Esta tarde mantinha-se em categoria 3, com ventos de 195km/h. Deverá afectar a costa leste dos EUA nesta sexta-feira ainda como categoria 3 diminuindo de intensidade ao interagir com terra.

Tempestade Tropical Isaac: Nos próximos 5 dias deverá cruzar as Caraíbas, mantendo-se como tempestade tropical afectando as ilhas das Pequenas Antilhas.Registava ventos da ordem dos 95km/h ao início da noite de hoje.

terça-feira, 11 de setembro de 2018

11Set2018: Furacão Florence poderá afectar os Açores neste fim-de-semana

Os modelos numéricos e as previsões do Centro de Furacões de Miami, mantêm a trajectória do furacão Florence rumo aos Açores. Em todo o caso, prevê-se que gradualmente o furacão perca intensidade, ao passar por águas cada vez mais frias, e já a partir de quinta poderá se tornar tempestade tropical. A manter-se a previsão actual, a tempestade tropical afectaria os Açores de sábado para domingo, mas actualizações dos modelos poderão confirmar ou reajustar a trajectória e a intensidade.
Ás 16h00 desta tarde, o furacão Florence mantinha um olho grande e visível com convecção profunda. Registava ventos da ordem dos 175km/h - categoria 2, e uma pressão atmosférica de 966hPa.




segunda-feira, 10 de setembro de 2018

10Set2018: Três furacões hoje no Atlântico e com possibilidade de formação de duas novas tempestades

Esta semana começa muito activa no Atlântico, com as três tempestades tropicais a se intensificarem à categoria de furacão.



Furacão Florence: que às 17h00 de hoje, encontrava-se a 925 km de distancia das Bermudas,  registava ventos da ordem dos 195km/h, um poderoso e destrutivo furacão de categoria 4. A pressão atmosférica mínima registada era de 946hPa. Segue um trajecto para Oeste em direcção aos EUA, que poderão ser afectados na próxima quarta ou quinta-feira.




Furacão Helene: às 16h00 estava a 600km de Cabo Verde, registava ventos da ordem dos 165km/h - categoria 2 - e uma pressão atmosférica de 974hPa. Nas próximas horas deverá ainda se intensificar mais, sendo que a partir de quarta deve o seu movimento girar para norte - dirigindo-se para Oeste dos Açores - diminuindo um pouco a sua intensidade, podendo mesmo descer à categoria de Tempestade Tropical. Não é possível garantir a esta distância de tempo, que este furacão possa ou não afectar os Açores, deverão ser acompanhadas todas as actualizações do Centro de Furacões de Miami. 



Furacão Isaac: Mantêm-se em categoria 1, com ventos da ordem dos 120km/h, uma pressão atmosférica de 993hPa às 16h00. Segue um movimento para Oeste em direcção às Caraíbas.

Possíveis formações nos próximos dias

Há a possibilidade de 50% de formação de duas novas tempestades tropicais, uma a sudoeste dos Açores e uma outra no Golfo do México. Nos próximos dias daremos conta da evolução destas áreas que encontram-se a ser monitorizadas.

domingo, 9 de setembro de 2018

09Set2018: Onda de calor marinho arrasta-se por semanas no Atlântico próximo da costa do Canadá

Nas últimas semanas, a região do Atlântico norte ocidental, tem registado temperaturas do mar cerca de 5ºC acima do normal. O Mediterrâneo e a Europa do Norte, tem também registado valores acima da média para esta altura do ano.

Os Açores têm registado valores acima do normal nas águas que banham este Arquipélago. Um dos efeitos é o aumento da temperatura do ar, com registos de temperaturas máximas entre os 26ºC e os 28ºC, registando  também o aumento de noites tropicais (temperatura mínima acima de 20ºC).

A Madeira no entanto mantêm-se dentro dos valores para a época de temperatura da superfície do mar.

Segundo o NOAA: "As temperaturas quentes da superfície do mar ajudam a transportar mais energia de calor e humidade para a atmosfera. As águas persistentemente quentes ao largo da costa nordeste dos EUA e do Canadá neste verão contribuíram para registar temperaturas quentes durante a noite e altos níveis de humidade."

Um dos sintomas na Europa este verão, tem sido as frequentes tempestades com rápidas enchentes em vários locais, como Espanha, França, Itália.

Imagem com anomalia da temperatura da superfície do mar em relação à média para este mês (NOAA)


sábado, 8 de setembro de 2018

08Set2018: Formou-se hoje a tempestade tropical Helene no Atlântico

Hoje pela manhã formou-se a tempestade tropical Helene a sueste de Cabo Verde, poderá já afectar estas ilhas amanhã como furacão. Ao início da tarde registava ventos da ordem dos 75km/h com rajadas mais fortes. A pressão mínima central era de 1001hPa.

Formou-se também esta manhã a depressão tropical nove a oeste de Cabo Verde, que espera-se venha a se intensificar e se tornar na tempestade tropical Isaac ainda hoje. Regista ventos da ordem dos 55km/h com rajadas mais fortes, e uma pressão mínima central de 1007hPa. Desloca-se para oeste em direcção às Caraíbas.

Outra tempestade que ainda se mantêm activa, é a Florence, que neste momento regista ventos da ordem dos 100km/h com rajadas mais fortes e uma pressão mínima central de 995hPa. Deverá voltar à categoria de furacão neste domingo, e nos próximos dias continuará a se intensificar, com um trajecto em direcção à América do Norte, sendo possível que venha a afectar os EUA na próxima quarta ou quinta-feira.


quarta-feira, 5 de setembro de 2018

05Set2018: Furacão Florence surpreende ao atingir categoria 4 no Atlântico

O furacão Florence atingiu esta tarde a categoria 4, depois de ao fim da manhã já estar em categoria 3. Esta rápida intensificação surpreendeu todos, visto nestes dias apenas ser previsto que se mantivesse como tempestade tropical, desafiando todos os modelos e até as previsões de especialistas na área, atendendo ao aumento de cisalhamento que habitualmente faz diminuir a intensidade dos furacões.


Neste início de noite registava ventos da ordem dos 215km/h com rajadas mais fortes e uma pressão mínima central de 953hpa.


Atlântico:

Sobre o Mississipi mantêm-se a depressão tropical Gordon que mantém com chuvas intensas. Prevê-se que gradualmente perca as características tropicais.

Duas novas perturbações a sul das ilhas de Cabo Verde, uma delas mais a sudoeste está gradualmente a se tornar mais organizada, se prevendo que possa evoluir para uma depressão tropical nos próximos dias: possibilidade de 90% nos próximos 5 dias.

Uma outra região a ser monitorizada, encontra-se neste momento sobre África, mas quando chegar ao mar pode evoluir para um sistema tropical, há uma possibilidade de 30% nos próximos 5 dias.